CENTER MINAS

Ano: 2010

Local: Belo Horizonte, MG

​Área: 73.418m²

Projeto Paisagístico:

Marieta Cardoso Maciel; 

Mirelli Borges Medeiros

Projeto Arquitetônico:

Gustavo Penna Arquiteto & Associados

Mostrar Mais

O Empreendimento Center Norte será construído em um terreno de 73.418 m², localizado à rua Queluzita 401 e Rua Professor Amaro Xisto de Queiroz entre a Rua Artur de Sá, o Minas Shopping e a linha de Metrô no Bairro União, região Nordeste do município de Belo Horizonte.

O projeto paisagístico complementa o edifício e a ele está conectado. As diretrizes da arquitetura e as condições do lugar é que direcionam a proposta paisagística.

Foram identificados alguns espaços disponíveis para tratamento paisagístico:

  • os passeios;

  • os acessos e percursos nos espaços externos e internos da edificação;

  • as áreas permeáveis;

  • os espaços livres de uso público;

  • os bosques;

  • a área sob a faixa de servidão da linha de transmissão CEMIG.

No entorno dos edifícios, os ambientes vegetados possuem caráter mais organizado, ornamental, obtido através da criação de grandes conjuntos com árvores, palmeiras, forrações e maciços vegetais. A arborização do passeio da Rua Queluzita utiliza a  espécie Oiti (Licania tomentosa) que não entrará em conflito com a edificação recuada e nem com fiação elétrica já que os postes estão localizados do lado oposto da via. O espaço livre de uso público é um antigo pomar com várias árvores frutíferas: mangueiras, abacateiros, goiabeiras, entre outras.  A maior parte será gramada e, ao longo do muro do metrô, foi sugerido um maciço de Bela-emília, Plumbago capensis

 

Na lateral esquerda do terreno será feito o plantio do bosque 1 com 52 árvores. A sua finalidade é a integração com a vegetação arbórea existente, o aumento da biodiversidade local e o incremento de espécies nativas e frutíferas que servirão de abrigo e alimento das comunidades faunísticas. O bosque 2 estará localizado ao longo da divisa dos fundos do terreno, região de taludes. Nele, serão utilizados 30 arbustos e árvores de pequeno e médio porte de forma mais espaçada, com menor densidade.

Para a área estabelecida como faixa de servidão da CEMIG foi sugerido o plantio de espécies rasteiras e arbustivas pequenas como a grama-esmeralda e Russélia. Futuramente, caso a linha de transmissão venha a ser deslocada, estas áreas serão destinadas prioritariamente a plantios a serem efetuados como forma de reposição ambiental.

CONTATO

Tel: (31) 3234 0836

       (31) 99916 4933

e-mail: contato@polisarquitetura.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon

©2016 por Pólis.